• LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

Seleção de críticas publicadas em Espanha

 

  • Digital Extremadura, maio de 2014 (sobre a obra El secreto de Barcarrota)

El secreto de Barcarrota, obra de Sérgio Luís de Carvalho, é um relato baseado em factos reais ocorridos (em Barcarrota) e compartilhados por Olivença em meados do século XVI. Uma obra que revela um pacto ibérico até há poucos anos envolto em sombras e silêncio, um livro inesgotável que nos faz viajar no tempo até à época do Lazarillo de Tormes.

Ana Lara

 

  • El Correo Galego, 16 de janeiro de 2008 (sobre a obra Os peregrinos sen fé)

Interessantíssimo livro de Sérgio Luís de Carvalho intitulado Os peregrinos sem fé. Nele o autor, usando como referência a Eneida virgiliana, desenvolve duas linhas argumentais que se entretecem de um fôlego até ao final.

Isidro Nuevo

 

  • Biblos – junho/julho de 2007 (sobre a obra Os peregrinos sen fé)

Uma intensidade trágica associada ao terror desencadeado pelas perseguições nascidas da Contra-Reforma, e os amores de Eneias e Dido, enche este romance com a melhor prosa.

Tucho Calvo

 

  • La Voz de Ferrol, sobre o autor, 11 de maio de 2007

Um dos maiores escritores vivos da língua portuguesa.

Beatriz Antón

 

  • La voz de Galícia, agosto de 2006

Na produção literária (de Sérgio Luís de Carvalho) há propostas certamente originais.

Joel Gómez

 

  • Agália – 1º Semestre 2006 (sobre a obra do autor)

O bom romance histórico. Numa literatura como a portuguesa, onde a grande tradição do romance histórico ganhou no século XX todas as gamas altas e possíveis, corda que tocam com diversidade de modo os melhores narradores lusos, vem agora confirmar-se o nome de Sérgio Luís de Carvalho entre eles como um autor de finura e profundidade inigualáveis.

Carlos Quiroga

 

  • Biblos, maio-junho de 2006 (sobre Retrato de S. Jerónimo no seu estúdio)

A história mais fascinante e melhor contada.

Carlos Quiroga